Buscar
  • Nathália Cristina Ribeiro

Dia das mães

Ser mãe pode ser definido como um ato de amor. O termo maternidade foi construído muito além de parâmetros biológicos, sendo também um conceito social de gênero e uma forma de organização da família. Assim como relações heteroafetivas, mulheres LGBTQI+ também têm legitimidade na formação familiar. Nesse contexto, a maternidade lésbica é considerada um processo revolucionário e ainda em construção na sociedade.


Pela luta ao direito à família, o casal Aline Custódio e Alessandra Oliveira decidiu ter filhos. No entanto, inicialmente esbarrou no alto custo da inseminação artificial. Mesmo com todas as dificuldades por serem mulheres negras e periféricas, o casal não desistiu do sonho da maternidade. No início de 2020, Aline e Alessandra conseguiram a ovodação compartilhada.


Basicamente, a Aline doou óvulos para uma mulher, e esta esta arcou com a maior parte dos custos da fertilização “in vitro” da Alessandra, que tinha o desejo de engravidar. Apesar das incertezas da pandemia, Jamal e Jawari chegaram ao mundo em outubro de 2020, alegrando toda a família.


Como o casal lésbico pode compartilhar a amamentação, a Aline também precisou passar pela introdução à lactação, incluindo a ingestão de hormônios e a estimulação mecânica das mamas para o crescimento dos seios. As mamães relatam que a amamentação é um trabalho árduo e evitam romantizar essa etapa. Além disso, Jamal e Jawari foram os primeiros bebês de um casal LGBTQI+ registrados no cartório do Capão Redondo, periferia de São Paulo.


Como pode ser visto, conceitos patriarcais relacionados à família e à maternidade vêm sendo dissolvidos, desconstruindo os padrões de gênero. Por outro lado, é necessário que os acessos sejam garantidos nas instituições públicas para que haja inclusão das famílias homoparentais.


O #BrazilForumUK deseja à Aline, à Alessandra e a todas as mamães, um feliz #diadasmaes repleto de amor!


Fonte https://revistatrip.uol.com.br/tpm/webstories/maternidade-preta-periferica-e-sapatao

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo